fb-embed

Cultura organizacional

5 min de leitura

Cultivar valores e propósito: a chave para atrair e manter talentos das novas gerações

Nascidos entre 1995 e 2010 anseiam por empregos que nutram suas paixões e priorizam o orgulho no trabalho. Quando uma empresa incorpora valores alinhados com os dessa geração, ela atrai talentos de alta qualidade e consegue um desempenho melhor financeiramente

Colunista João Roncati

João Roncati

06 de Outubro

Compartilhar:
Artigo Cultivar valores e propósito: a chave para atrair e manter talentos das novas gerações

As novas gerações são movidas pelo propósito, uma característica inegociável ao escolher empregadores. Diferentemente dos millennials (pessoas nascidas entre 1981 e 1995), que buscam estabilidade e conveniência, os membros da geração Z (nascidos entre 1995 e 2010) anseiam por empregos que nutram suas paixões e permitam que o orgulho no trabalho seja priorizado.

Criados em um mundo marcado por graves turbulências econômicas, sociais e ambientais, conectados à internet desde a infância, eles desenvolveram uma hiperconsciência das injustiças e desigualdades que afligem o mundo. Assim, independentemente do local ou natureza do trabalho, desejam perceber que estão provocando um impacto real e efetivamente fazendo a diferença.

Transformações no mercado para as novas gerações

Uma visão clara e envolvente, e valores centrais com comportamentos de apoio são absolutamente fundamentais para um negócio próspero. Isso se torna ainda mais importante quando olhamos para os dados do relatório de bem-estar da Betterfly, plataforma de benefícios corporativos.

Constatou-se que 60% dos membros da geração Z relatam sentir exaustão e sintomas de burnout. Contudo, não se pode negligenciar a situação dos millennials, visto que 57% deles também enfrentam os mesmos sintomas.

Dentre os desafios, destacam-se a sobrecarga de trabalho, mencionada por 47% dos entrevistados, seguida pelo desejo de renunciar ao emprego (45%), falta de reconhecimento (44%) e tratamento injusto (25%).

A inclusão de uma visão e propósito sólidos na cultura empresarial tornou-se imperativa, especialmente quando se trata de atrair e manter talentos da nova geração, como a geração Z e os millennials. Esses jovens profissionais buscam mais do que apenas um salário; eles desejam se conectar emocionalmente com o trabalho que realizam e sentir que estão contribuindo para um propósito maior.

Quando uma empresa incorpora valores e uma visão alinhados com os valores dessa geração, ela não apenas atrai talentos de alta qualidade, mas também aumenta a retenção de funcionários, pois esses colaboradores se sentem mais engajados e satisfeitos em seu ambiente de trabalho.

Além disso, empresas com uma cultura forte de visão e propósito têm demonstrado melhor desempenho financeiro, como as grandes techs do mercado norte-americano. Isso ocorre porque uma cultura de propósito atrai consumidores que compartilham dos mesmos valores e atraem investidores que desejam apoiar empresas socialmente responsáveis.

Mas o que sua empresa está fazendo de errado?

Onde muitas empresas erram é no “como” manter a visão e os valores centrais vivos. Isso requer dedicação para integrá-los continuamente na cultura da organização. Uma visão não é uma atividade de marcação de caixa, um roteiro tático ou um objetivo de desempenho financeiro. Os valores ficam aquém quando não fazem parte da conversa, não estão ligados ao propósito maior da empresa, carecem de responsabilidade e feedback, não têm definição específica ou são vistos como um trabalho separado.

A cultura ganha vida por meio de diálogos regulares sobre como as escolhas apoiam a visão e refletem os valores centrais. É necessário ter processos e sistemas organizacionais que aumentem o conhecimento dos funcionários sobre eles, aprimorem a proficiência em torná-los realidade e criem uma cultura de responsabilidade.

Seis formas práticas para integrar valores à cultura da empresa

A integração desses elementos fundamentais em seus ritmos, rotinas e rituais demonstra comprometimento com a mudança positiva. Isso mantém a visão e os valores centrais na mente de todos os funcionários, cria conexões pessoais significativas e melhora a experiência do cliente. Para te ajudar, aqui estão seis táticas para integrar seus valores na cultura da sua organização:

1. Ative “campeões”. Selecione uma seção transversal de funcionários comprometidos em servir de exemplo. Esses são os funcionários que sabem como é viver os valores, inspirar outros a assumir a responsabilidade e servir como força motriz por trás da integração da visão e dos valores. Os campeões devem se reunir regularmente para celebrar conquistas e resolver desafios.

2. Destaque um valor a cada mês. Estabeleça o ritual de destacar um valor por mês. Isso deve incluir abordar o valor em reuniões, reconhecer funcionários que vivenciam esse valor e criar experiências especiais relacionadas ao valor (exemplo: se seu valor é "viver com design", você pode fornecer lanches saudáveis, implementar pausas para bem-estar ou oferecer um subsídio para atividades físicas).

3. Reconheça os membros da equipe cujos comportamentos se alinham com os valores. Existem muitas maneiras de reconhecer e recompensar - uma das mais impactantes (e fáceis de implementar) é fornecer reconhecimento em tempo real. Seja específico sobre o que está reconhecendo em um funcionário e elogie-o publicamente durante uma reunião da equipe, nas redes sociais ou usando uma plataforma de comunicação compartilhada.

4. Exiba de forma criativa. Seja criativo na exibição de sua visão e valores para mantê-los na mente dos funcionários. Isso pode incluir ímãs, adesivos, papéis de parede para desktop, vestuário etc. Em uma recente reunião geral da empresa, cada membro da equipe escolheu um valor, pintou sua interpretação e compartilhou com a equipe. As atividades divertidas podem então ser exibidas nas paredes do escritório, permitindo que os funcionários as mostrem com orgulho para o mundo.

5. Use a visão e os valores como alavancas para atrair os melhores talentos. Atualize seu site, páginas de mídia social e materiais de marketing para refletir a visão e os valores. Crie vídeos curtos que capturem a experiência do funcionário e os utilize no processo de recrutamento. Aprimore as postagens e descrições de empregos para indicar o que é mais importante e atualize suas perguntas de entrevista para refletir os valores; permitindo que você avalie se os candidatos seriam um bom ajuste cultural.

6. Aprimore o processo de avaliação de desempenho. Aprimore seu processo de avaliação de desempenho existente criando espaço para que os funcionários reflitam pessoalmente sobre seus comportamentos, permitindo que os gerentes forneçam suas observações (o que desejam ver mais) e que os funcionários façam compromissos para o futuro.

Em resumo, a gestão baseada em valor busca melhorar os resultados da empresa por meio da disseminação da cultura organizacional, do estímulo ao desenvolvimento dos colaboradores e do compromisso com a melhoria contínua. Ela permite que a empresa e seus parceiros participem de mudanças positivas em curto, médio e longo prazos, mantendo a autenticidade da cultura organizacional e seus valores.

Compartilhar:

Autoria

Colunista João Roncati

João Roncati

João Roncati é CEO da People+Strategy, consultoria de estratégia, planejamento e desenvolvimento humano.

Artigos relacionados

Imagem de capa Cultura de desenvolvimento para o crescimento sustentável da organização

Cultura organizacional

27 Novembro | 2023

Cultura de desenvolvimento para o crescimento sustentável da organização

Empresas que buscam progresso sustentável e relevância no mercado atual, aplicam a cultura de desenvolvimento investindo no crescimento dos colaboradores. A estratégia é fundamental para a formação de líderes capazes de guiar a organização rumo ao futuro

Fabiana Ramos

3 min de leitura

Imagem de capa Sete medidas para economizar na gestão de viagens corporativas

Cultura organizacional

16 Novembro | 2023

Sete medidas para economizar na gestão de viagens corporativas

É possível reduzir os custos e despesas das viagens corporativas, mas precisa de estratégia, planejamento de longo prazo, análise de dados, e muita pesquisa. A otimização dos recursos da empresa vai além de procurar por passagem aérea mais barata

Guilherme Rizzi

6 min de leitura

Imagem de capa Para melhorar a comunicação interpessoal, design de relacionamentos

Cultura organizacional

15 Novembro | 2023

Para melhorar a comunicação interpessoal, design de relacionamentos

Relacionamentos saudáveis permitem que as pessoas se expressem genuinamente, reconhecendo e compartilhando esforços, mesmo quando o resultado não é alcançado. Com orientação e design intencional, o potencial de comunicação pode trazer boas conexões, crescimento e sucesso

Daniela Cais

6 min de leitura

Imagem de capa Como acabar com a era de lavagem de valores humanos

Cultura organizacional

14 Novembro | 2023

Como acabar com a era de lavagem de valores humanos

Exibir a dedicação de uma organização a princípios éticos, diversidade e responsabilidade social sem implementar genuinamente esses valores no ambiente de trabalho desgasta a confiança dos colaboradores, clientes e partes interessadas, além de trazer consequências negativas no futuro

Aline Sousa

2 min de leitura