fb-embed

Liderança

2 min de leitura

Seja a parte que cura o mundo

Empresas e líderes têm nas mãos a capacidade para medicar um mundo doente que clama por transformações estruturais e significativas

Colunista Neivia Justa

Neivia Justa

05 de Fevereiro

Compartilhar:
Artigo Seja a parte que cura o mundo

Em janeiro passado, fui convidada para participar da edição do podcast Caos Corporativo, cuja pergunta a ser respondida era: “as empresas têm o papel e a capacidade de curar este nosso mundo?”

Foi um exercício e tanto pensar e discutir sobre esse tema tão bem retratado por Raj Sisodia e Michael Gelb, no livro “Empresas que curam: despertando a consciência dos negócios para ajudar a salvar o mundo”.

Sobre este tema, há alguns anos venho aprendendo sobre economia regenerativa com a Patricia Sá e sua RegeNarrativa. Não tenho a menor dúvida de que as empresas têm o papel e a capacidade de participar da cura desse nosso mundo. 

Aliás, vou além, acredito que as empresas têm a responsabilidade e a obrigação de usar todo o seu poder, capilaridade, abrangência e influência para fazer o bem e o que é bom para todas as pessoas. 

Dito isso, não podemos esquecer que empresas são feitas por pessoas, para resolver problemas de outras pessoas. E são as pessoas que fazem as empresas serem o que são. Pessoas comuns, sem superpoderes, como eu e você.

Nós, as pessoas, deveríamos criar empresas e times movidos por valores e propósitos comuns, que gerariam acesso, inclusão, oportunidades iguais, abundância e prosperidade para todas as pessoas do nosso ecossistema.

No entanto, no meio desse caminho virtuoso, temos sido desvirtuados pela ganância, o egoísmo, a corrupção, a falta de ética, pelo pensamento de que os fins justificam os meios e que o lucro vem acima de tudo. Exatamente por conta desse círculo vicioso estamos vivendo nesse mundo doente. Ou você acha que essa pandemia surgiu por acaso? Mera casualidade?

Liderando transformações

A boa notícia é que você pode mudar essa história. Se você quiser. E a mudança tem que, necessariamente, começar em você. 

Com uma boa dose de consciência coletiva, empatia, presença, interesse legítimo pelas pessoas, escuta ativa, coragem, conteúdo, candura e compromisso com os objetivos de desenvolvimento sustentável do planeta, os ODSs. Não tem outro jeito. Porque líder é a pessoa que você é. 

Você não pode ser aquilo que você não conhece, não vive e não faz. Faça o que você pode, com o que você tem, onde você está. Porque é fazendo o que prega, integrando seu discurso com a sua prática, você vai liderar as transformações necessárias na sua empresa para colocá-la a serviço da cura do mundo. Na minha opinião essa deveria ser nossa maior #justacausa!

Compartilhar:

Autoria

Colunista Neivia Justa

Neivia Justa

Fundadora da #JustaCausa, do programa #lídercomneivia e dos movimentos #ondeestãoasmulheres e #aquiestãoasmulheres

Artigos relacionados

Imagem de capa Liderança com propósito e ambidestria são chaves para seguir empreendendo em 2024

Liderança

07 Fevereiro | 2024

Liderança com propósito e ambidestria são chaves para seguir empreendendo em 2024

Compreender o passado, para refazer o futuro e alinhado com propósitos necessários que 2024 precisa

Fábio Hayashi

4 min de leitura

Imagem de capa Você exerce uma liderança inclusiva?

Liderança

02 Fevereiro | 2024

Você exerce uma liderança inclusiva?

Um novo mundo pede um novo estilo de liderança e a tarefa não é fácil. Envolve ações cruciais de nossa capacidade humana e contínua tarefa nossa aliarmos isso aos nossos propósitos

Neivia Justa

3 min de leitura

Imagem de capa Caito Maia e o perfil do CEO da nova economia

Liderança

08 Dezembro | 2023

Caito Maia e o perfil do CEO da nova economia

Os líderes de empresas de tecnologia não têm o monopólio da liderança adequada à nova economia. Confira o porquê nesta conversa aberta sobre tecnologia, sustentabilidade, arte, negócios e gestão de pessoas com o fundador e CEO da Chilli Beans

Leonardo Pujol

9 min de leitura

Imagem de capa Autoconhecimento para liderar: a diferença entre o estar e ser um grande líder

Liderança

09 Novembro | 2023

Autoconhecimento para liderar: a diferença entre o estar e ser um grande líder

O autoconhecimento precisa ser desenvolvido com foco na liderança. A pessoa-líder deve entender sua história, seus gatilhos, suas perspectivas futuras e a construir a autoliderança para assim exercê-la com empatia e inteligência emocional em seus liderados

Heloísa Capelas

3 min de leitura

Imagem de capa Líder, você possui uma agenda de liderança?

Liderança

25 Outubro | 2023

Líder, você possui uma agenda de liderança?

Agenda consigo mesmo, com o time e com os resultados. Descubra três caminhos de desenvolvimento complementares que diferenciam o líder de média e alta gerência

Valéria Pimenta

5 min de leitura