fb-embed

Diversidade

11 min de leitura

O que são forças de caráter?

Conceito da psicologia positiva é desvendado e colocado na prática por Ryan Niemiec, a maior autoridade mundial no assunto atualmente, que acaba de lançar livro no Brasil | por Ryan Niemiec

30 de Abril

Compartilhar:
Artigo O que são forças de caráter?

Esta série de artigos de Ryan Niemiec se baseia nos highlights de seu novo livro, Intervenções com forças de caráter, que acaba de ser lançado no Brasil pela editora Vida Integral, com tradução de Gilmara Ebbers. 

Um homem honesto que trabalha arduamente. Uma mulher íntegra que toma boas decisões morais. Uma pessoa de negócios com má reputação. No mundo atual, cada uma dessas pessoas seria, provavelmente, descrita como tendo bom ou mau caráter. Tais concepções representam as visões tradicionais e limitadas sobre o caráter, popularizadas por décadas. Elas têm a consequência lamentável de refletir as percepções de tudo ou nada do caráter. Na verdade, a ciência avançou e descobrimos que caráter não é isso. 

Em primeiro lugar, já são identificadas 24 forças de caráter, que você pode conferir na listagem a seguir, da classificação VIA de forças de caráter e virtudes:

SABEDORIA E CONHECIMENTO

Forças cognitivas que envolvem a aquisição e utilização de conhecimento

  1. Criatividade: pensar em maneiras inovadoras e produtivas de fazer as coisas.

  2. Curiosidade: ter interesse por toda experiência em curso.

  3. Senso crítico: Pensar a respeito das coisas e examiná-las sob todos os ângulos.

  4. Amor ao aprendizado: dominar novas habilidades, tópicos e áreas de conhecimento.

  5. Perspectiva: ser capaz de oferecer conselhos sábios a outras pessoas.

CORAGEM

Forças emocionais que envolvem o exercício da vontade para alcançar metas mesmo diante de oposição, externa e interna.

  1. Honestidade: falar a verdade e apresentar-se de maneira genuína.

  2. Bravura: não recuar perante ameaça, desafio, dificuldade ou dor.

  3. Perseverança: terminar o que se começa.

  4. Entusiasmo: abordar a vida com animação e energia.

HUMANIDADE

Forças interpessoais que envolvem aproximar-se dos outros e ajudá-los.

  1. Bondade: fazer favores e boas ações para os outros.

  2. Amor: valorizar relacionamentos próximos com os outros.

  3. Inteligência social: estar consciente dos motivos e dos sentimentos, próprios e alheios.

JUSTIÇA

Forças cívicas que fundamentam a vida comunitária saudável.

  1. Imparcialidade: tratar todas as pessoas da mesma maneira, de acordo com noções de igualdade e justiça.

  2. Liderança: organizar as atividades em grupo e fazer com que aconteçam.

  3. Trabalho em equipe: trabalhar bem como membro de um grupo.

TEMPERANÇA

Forças que protegem contra excessos.

  1. Perdão: desculpar aqueles que erraram.

  2. Humildade: deixar as próprias realizações falarem por si.

  3. Prudência: ser cuidadoso com as próprias escolhas; não dizer ou fazer coisas que poderão trazer arrependimento mais tarde.

  4. Autocontrole: regular o que se sente e o que se faz.

TRANSCENDÊNCIA

Forças que estabelecem conexões com o universo maior e fornecem significado.

  1. Apreciação da beleza e da excelência: notar o belo e o desempenho habilidoso em todos os domínios da vida.

  2. Gratidão: ser consciente e grato pelas coisas que acontecem.

  3. Esperança: esperar o melhor e trabalhar para alcançar o melhor.

  4. Humor: gostar de rir e de fazer rir.

  5. Espiritualidade: ter crenças coerentes acerca de um propósito maior; ver significado na vida.

Além de haver 24 forças de caráter, conforme a observação de acadêmicos, pesquisadores e praticantes, todas elas parecem estar presentes, em graus variados, em todos os seres humanos. O que muda de um indivíduo para outro são as forças de assinatura, aquelas que são mais centrais para a pessoa, que melhor captam sua singularidade e essência. Com aplicação do chamado questionário VIA, pela internet, você pode saber quais são. Elas também têm maior probabilidade de ser mais energizantes e expressas mais naturalmente do que as outras forças do perfil da pessoa.

Quando as pessoas veem seus resultados no questionário VIA, às vezes ficam satisfeitas e orgulhosas, e outras vezes, decepcionadas. Isso está relacionado com o nível de significado e importância que atribuem para certas forças que gostariam de ver realçadas em seu perfil. 

Na realidade, não importa. Cada uma das 24 forças é positiva e pode ser utilizada para o bem. Cada uma está associada com diferentes resultados positivos na ciência do caráter. Cada uma é uma capacidade que pode ser melhorada. Portanto, cada uma das 24 forças de caráter é relevante.

Algumas forças de caráter têm associações mais diretas com a felicidade (entusiasmo e esperança); outras possibilitam oportunidades de realização e alcance de metas; já outras parecem mais conectadas a uma melhor saúde física. A perseverança é uma força de caráter associada à realização acadêmica. A força de caráter da gratidão tem sido associada com menos depressão e inveja, o que em geral ocorre em menor grau em indivíduos menos agradecidos. Mas todas as forças de caráter têm consequências importantes sobre nossas vidas.

Em uma amostra representativa de adultos na Suíça, as forças que promoveram filiação e comprometimento estavam entre aquelas mais alinhadas ao bem-estar para adultos com quase 30 e até 30 e poucos anos de idade; forças que apoiam a manutenção da família e trabalho para aqueles com quase 40 anos e até 45 anos; e forças que facilitam o envolvimento vital com o ambiente para aqueles com quase 50 anos e até quase 60 anos.

Você provavelmente utilizou todas as 24 forças de caráter nos últimos dois dias. Por exemplo, hoje de manhã você escovou os dentes, tomou banho, vestiu-se e tomou o café da manhã? Se você fez uma dessas coisas, estava utilizando algum nível de autocontrole e prudência. Esses são “pequenos” usos de duas forças que são, consistentemente, as duas forças de caráter menos endossadas em todo o mundo.

Existem os “grandes” e “pequenos” usos das forças de caráter. Por exemplo, a criatividade com “C maíusculo” pode ser vista na Nona Sinfonia de Mozart, e na pintura Noite estrelada de Van Gogh, enquanto a criatividade com “c minúsculo” pode ser vista quando temos um insight sobre uma dificuldade pessoal e uma nova ideia de arranjo de flores para a mesa da cozinha. 

A seguir, daremos exemplos de usos (bem pequenos) e de comportamentos relacionados com as forças de caráter, para que fiquem mais claras.

Pequenos usos no dia a dia

  1. Criatividade Inventar uma nova história para contar ao seu filho.

  2. Curiosidade Fazer perguntas a um vizinho.

  3. Discernimento/Senso crítico Ler dois noticiários muito distintos para ter visões diferentes.

  4. Amor ao aprendizado Ler três artigos na internet sobre o mesmo tópico.

  5. Perspectiva Oferecer um conselho a um atendente que está tendo um dia ruim.

  6. Bravura Dirigir até centro da cidade mesmo com medo de pegar muito trânsito.

  7. Perseverança Decidir responder dez e-mails de uma vez e completar a tarefa.

  8. Honestidade Admitir um erro ao lembrar-se da situação com imprecisão.

  9. Entusiasmo Fazer uma caminhada rápida de dez minutos durante o intervalo.

  10. Amor Escutar atentamente um colega que teve um dia difícil.

  11. Bondade Segurar o elevador para alguém.

  12. Inteligência social Perguntar a um membro da família como ele está se sentindo quando demonstrar uma expressão facial de angústia.

  13. Trabalho em equipe Pedir feedback a um membro da equipe sobre um projeto de trabalho.

  14. Imparcialidade Ao distribuir doces para as crianças da vizinhança, assegurar-se de que todas recebam a mesma quantidade.

  15. Liderança Organizar um encontro de amigos para um almoço em um restaurante.

  16. Perdão Relaxar a tensão criada quando alguém lhe ultrapassa no trânsito.

  17. Humildade Esperar para compartilhar novidades positivas, para que a outra pessoa possa compartilhar sua história.

  18. Prudência Planejar um rápido café da manhã para dois em um dia com rotina cheia.

  19. Autocontrole Escovar os dentes e usar fio dental pela manhã.

  20. Apreciação da beleza e da excelência Maravilhar-se com a habilidade e graciosidade de um esquiador olímpico em uma descida.

  21. Gratidão Oferecer um agradecimento pessoal para o universo ao acordar pela manhã.

  22. Esperança Sentir-se otimista sobre uma reunião de trabalho que se aproxima.

  23. Humor Sorrir para um estranho no transporte público.

  24. Espiritualidade Sentir um senso de significado durante uma prática de mindfulness.

Comportamentos associados

1 Criatividade

• Compartilhar novas ideias em cada reunião de equipe.

• Fazer brainstormings facilmente e oferecer contribuições de maneira rápida e frequente.

2 Curiosidade

• Fazer perguntas com frequência, especialmente em novas conversas.

• Comentar sobre bugigangas, quadros etc. ao entrar em um novo escritório.

3 Discernimento/senso crítico

• Compartilhar um novo ângulo ou ponto de vista cada vez que surge uma questão ou problema.

• Discordar de uma premissa ou tema principal que um colega apresenta e ser capaz de citar a evidência/lógica para o contraditório.

4 Amor ao aprendizado

• Carregar um livro para onde quer que você vá (ou um dispositivo com uma coleção de livros digitais). Ler livros nas pausas da rotina.

• Inscrever-se para novas disciplinas e cursos, ou assistir a palestras (mesmo que já tenha uma formação avançada).

5 Perspectiva

• Dar conselhos práticos para as pessoas que compartilham seus problemas.

• Oferecer comentários que reflitam temas sobre a visão geral e os assuntos importantes para a humanidade.

6 Bravura

• Desafiar ideias convencionais apresentadas por seu chefe.

• Falar em fóruns públicos e grandes reuniões.

7 Perseverança

• Terminar projetos de curto prazo e longo prazo dentro do período esperado.

• Receber prêmios especiais e condecorações por suas realizações.

8 Honestidade

• Compartilhar vulnerabilidades sobre si mesmo.

• Fazer comentários construtivos, às vezes desfavoráveis, quando lhe é pedido que dê seu feedback.

9 Entusiasmo

• Fazer regularmente caminhadas ou outra forma de atividade física nos intervalos.

• Gastar dinheiro em experiências com pessoas, em vez de produtos para si.

10 Amor

• Expressar cordialidade, genuinidade e escuta ativa com bom contato visual ao conversar com outros.

• Engajar-se no toque físico com os outros (por exemplo, abraçar, tocar as costas).

11 Bondade

• Desviar-se de seu caminho para apoiar um colega que teve uma semana difícil.

• Trazer um café para um colega, sem isso lhe ter sido pedido.

12 Inteligência social

• Falar a coisa “certa” em uma reunião e a maioria no grupo concordar.

• Tratar com empatia um amigo que está chateado e estressado.

13 Trabalho em equipe

• Averiguar a opinião de cada membro da equipe sobre um projeto.

• Quando for possível, escolher decidir trabalhar em um projeto envolvendo discussão com outros, em vez de trabalhar sozinho.

14 Imparcialidade

• Resolver uma disputa entre membros da família procurando e apontando os pontos em comum.

• Esforçar-se, nos intervalos, para incluir na conversa um colega de trabalho que parece estar distante ou isolado.

15 Liderança

• Organizar um encontro entre amigos para um evento no fim de semana.

• Compartilhar visões e ideias para outros seguirem e apoiarem.

16 Perdão

• Dar uma segunda chance a um amigo dizendo “vamos seguir em frente” após esse amigo tê-lo ofendido de algum modo.

• Praticar meditação com foco no “desapego” para gerenciar o estresse.

17 Humildade

• Passar mais tempo ouvindo, durante uma conversa, do que tentando expressar as próprias opiniões.

• Depois de realizar algo importante, enfatizar o esforço do grupo e as contribuições de outros.

18 Prudência

• Manter várias pastas e subpastas de e-mails e utilizá-las.

• Chegar a tempo ou mais cedo para as reuniões e compromissos.

19 Autocontrole

• Sair para correr ou nadar todos os dias, o que faz parte de sua rotina regular.

• Fazer escolhas de alimentos saudáveis, como frutas e vegetais, quando almoça fora.

20 Apreciação da beleza e da excelência

• Sempre ter ingressos para o teatro, concertos ou eventos culturais.

• Cercar-se de quadros e outras obras de arte no escritório e em casa.

21 Gratidão

• Frequentemente dizer “obrigado” por favores e coisas boas ditas/feitas a você.

• Deixar lembretes de apreciação nas mesas dos colegas.

22 Esperança

• Falar sobre metas pessoais e profissionais e sobre o que está planejando.

• Mudar o foco da conversa, não importa quão complicada, para o lado bom.

23 Humor

• Contar piadas e histórias engraçadas, e fazer comentários inteligentes em grupo.

• Provocar e brincar com o outro em situações a dois.

24 Espiritualidade

• Exibir símbolos religiosos em sua casa, escritório e em si mesmo (por exemplo, um colar com cruz).

• Passar um tempo no intervalo em quieta reflexão, meditação ou contemplação.

O Brasil

O VIA Institute, que presido, realizou uma pesquisa com 6,5 mil brasileiros em conjunto, na qual aponta as principais forças de caráter dos profissionais do país: as cinco forças de assinatura, entre as 24 forças de caráter mais proeminentes, entre eles são imparcialidade, bondade, senso crítico, gratidão e honestidade. A elas se seguem esperança, trabalho em equipe, amor e liderança.

Essa é uma ótima mescla de forças de coração (bondade e gratidão) e forças de cabeça (imparcialidade na forma como pensamos e nas nossas abordagens, e ter senso crítico). E se cada brasileiro unir as três seguintes, com a liderança, que é a nona força mais alta, será extremamente capaz de se tornar um bom líder.

Compartilhar:

Autoria

Artigos relacionados

Imagem de capa Desempenho e juventude, a associação a superar?

Diversidade

24 Dezembro | 2023

Desempenho e juventude, a associação a superar?

É nos esportes que o preconceito contra pessoas mais experientes no mercado de trabalho fica mais evidente. É possível combatê-lo? Até quando agiremos como se a maior longevidade não fosse uma realidade que chegará à maioria?

Fran Winandy

9 min de leitura

Imagem de capa Duas tendências para evolução da governança colaborativa

Diversidade

24 Outubro | 2023

Duas tendências para evolução da governança colaborativa

A crescente busca por participação feminina e a preocupação com a sustentabilidade são cruciais para o constante avanço do cenário da governança colaborativa. Essas tendências estão transformando o modo como empresas e governos conduzem suas operações e tomam decisões

Farias Souza

2 min de leitura

Imagem de capa D&I: como adotar medidas para melhorar a dinâmica da equipe

Diversidade

10 Outubro | 2023

D&I: como adotar medidas para melhorar a dinâmica da equipe

O compromisso da liderança é promover uma cultura inclusiva em todos os níveis da organização. Para uma abordagem prática do tema, devem ser estabelecidas metas mensuráveis, medidas concretas e políticas de responsabilização transparentes nas organizações, além da escuta ativa

Raquel Braga

3 min de leitura

Imagem de capa Investimentos em startups difere pelo gênero da liderança: como mudar o cenário

Diversidade

25 Agosto | 2023

Investimentos em startups difere pelo gênero da liderança: como mudar o cenário

Startups fundadas por mulheres recebem menos investimentos do que as lideradas por homens, mas elas faturam mais. Organizações precisam tomar a iniciativa de investir mais no empreendedorismo feminino

Carolina Gilberti

2 min de leitura