fb-embedComo criar uma cultura de alta performance sem afetar a saúde mental da sua equipe HSM Management

Saúde mental

4 min de leitura

Como criar uma cultura de alta performance sem afetar a saúde mental da sua equipe

Para evitar o clima de incerteza o líder deve ser transparente com a equipe, mostrar os resultados e o que precisam entregar para que a operação seja saudável.

Camely Rabelo

13 de Julho

Compartilhar:
Artigo Como criar uma cultura de alta performance sem afetar a saúde mental da sua equipe

Recentemente uma imagem viralizou nas redes sociais. Em o que parecia ser a foto de um aviso proibindo o uso de algumas palavras e termos na empresa com o objetivo de assegurar o bem-estar mental da equipe, algo me chamou a atenção: entre a lista estava o termo “alta performance”.

Nos últimos meses, saúde mental tem sido o tema de diversas lives, webinars, artigos e atualmente é a preocupação de 90% dos líderes com quem converso nas redes sociais. Mas será que abrir mão de uma cultura de alta performance é a solução para garantir que o seu time terá a saúde mental preservada?

Sejamos sinceros: em um momento de crise, qual é a empresa que desliga primeiro os colaboradores de alta performance? Será que não falar sobre o tema realmente é a melhor forma de cuidar da saúde mental do seu time?

Quero compartilhar com você alguns comportamentos que podem ajudar a criar uma cultura de alta performance sem obrigatoriamente afetar negativamente a saúde mental da sua equipe.

Coloque a máscara de oxigênio primeiro em você

Quer saber o que os líderes podem aprender com a apresentação das instruções de segurança em um avião? Antes de buscar meios para preservar a saúde mental dos seus colaboradores, cuide primeiro da sua saúde mental. Não, eu não vou vir com aquele papo de “Milagre da Manhã”, com dicas que estão distantes da sua realidade atual. Quero compartilhar ações executáveis para iniciar hoje.

No campo emocional e psicológico, a meditação guiada promove o relaxamento profundo do corpo e da alma, além de ajudar a reduzir o estresse e a ansiedade, dando sensação de conforto e segurança. Consequentemente, auxilia também no aumento da autoestima e da autoconfiança.

Quando me mudei para São Paulo em 2017, comecei a ter dificuldade para dormir. Ficava pensando nas atividades que precisava executar no dia seguinte, tendo ideias no meio da noite e pensando nas consequências da mudança que afetariam a minha vida pessoal.

No dia seguinte eu estava exausta, sentia que a falta de sono interferia diretamente no meu humor e na qualidade das minhas relações. A meditação guiada ajudou a melhorar a qualidade do meu sono e a acordar com mais disposição e energia para encarar os desafios com o meu time.

Além da meditação guiada, também comecei a praticar as técnicas de meditação ativa que foram cientificamente estruturadas por Osho, um mestre indiano. Você pode simplesmente escolher aquela música que te agrada, dançar, caminhar, fazer movimentos de olhos fechados e se perceber naquele momento. Dançar aumenta a endorfina no corpo, que gera sensação de felicidade.

Antes de tentar cuidar da saúde mental do seu time, comece cuidando da sua. É impossível ser um bom líder se você não for um bom ser humano.

Crie acordos e confie na sua equipe

Recentemente conversei com uma líder que durante o home office exigiu que as pessoas do seu time enviassem um e-mail com “ok” assim que começassem a trabalhar, como se fosse um ponto eletrônico.

Na mesma semana um amigo me enviou um WhatsApp contando como estava sendo negativa a sua experiência na nova empresa, pois o líder exigia que todos ficassem com a câmera ligada o dia todo.

Não existe nada pior do que sentir que seu líder não confia em você, e ações como as que citei refletem exatamente a falta de confiança que existe entre um líder e sua equipe. Para evitar que isso aconteça tenha metas bem definidas, compartilhe-as com o time e faça acordos de entregas mínimas aceitáveis.

Mas não adianta definir entregáveis se não existe uma cultura de confiança. Para criar essa cultura, é importante que o líder promova ações que gerem proximidade, frequência, duração e intensidade entre todos.

Você pode criar momentos de troca de boas práticas entre o time, estimular e participar do happy hour semanal, promover sessões de Coaching Group, entre outras atividades que podem unir a sua equipe e promover uma real cultura de confiança.

Nunca demita um colaborador por performance sem ter dado feedback

Ninguém quer ser pego de surpresa quando o assunto é demissão, não é mesmo? Mas por que tantos profissionais ainda são desligados sem entender exatamente o motivo?

Infelizmente alguns líderes ainda não entenderam que o feedback é um presente, uma oportunidade de mostrar para o colaborador que seu comportamento ou resultado não reflete o que a organização deseja. Com isso, muitos colaboradores acabam sendo desligados sem saber o que poderiam ter feito para permanecer.

O impacto disso para quem permanece na equipe é a sensação de insegurança, gerando ansiedade e o sentimento de impotência. Para evitar o clima de incerteza o líder deve ser transparente com a equipe, mostrar os resultados e o que precisam entregar para que a operação seja saudável.

Caso alguém esteja entregando resultados abaixo do combinado, o líder tem o dever de conversar sobre o assunto individualmente, mostrar as consequências reais caso o resultado não seja entregue e criar um plano de ação junto com o colaborador para ajudá-lo a entregar.

O problema não está nas metas e na cultura de alta performance. O que mata a cultura de uma empresa são as relações tóxicas e a falta de confiança – isso sim afeta a saúde mental da sua equipe.

Sua cultura pode estar doente, você só não percebeu ainda.

Compartilhar:

Autoria

Camely Rabelo

Diretora comercial na Omie e co-founder da Escola Exchange, especialista em vendas, liderança e coaching de carreira. Minha missão é desenvolver profissionais para que vivam todo seu potencial e acelerem seu plano de carreira profissional através do desenvolvimento contínuo e a troca de experiências.

Artigos relacionados

Imagem de capa Saúde mental: muito além do psicólogo e dos medicamentos

Saúde mental

13 Abril | 2022

Saúde mental: muito além do psicólogo e dos medicamentos

Cuidar de questões financeiras, do sono e da saúde física pode trazer melhorias substanciais à saúde mental, ajudando na insônia, depressão e ansiedade

Lucas Baraças

4 min de leitura

Imagem de capa Saúde mental: a raiz do problema

Gestão de pessoas

07 Abril | 2022

Saúde mental: a raiz do problema

De modo geral, a liderança das empresas ainda não assumiu a responsabilidade de lidar com dinâmicas de trabalho disfuncionais por meio dos três Ps – proteger, prevenir e promover

Larissa Pessi

6 min de leitura

Imagem de capa Em busca da felicidade corporativa

Saúde mental

18 Novembro | 2021

Em busca da felicidade corporativa

Como o bem-estar pode ser uma estratégia para reconhecer o empenho dos colaboradores e, com isso, acelerar negócios

Diego Burger

4 min de leitura