fb-embed

Transformação Digital

2 min de leitura

Tecnologia resgata eficiência na burocracia brasileira

Tecnologia pode ser solução para os problemas de burocracia; veja alguns exemplos que já estão no mercado

Colunista Gabriel Loschiavo

Gabriel Loschiavo

05 de Março

Compartilhar:
Artigo Tecnologia resgata eficiência na burocracia brasileira

Um estudo recente revelou que os custos associados à burocracia podem atingir cifras bilionárias até 2025. Esta é uma realidade que há muito tempo acompanha as empresas brasileiras. Imagine-se imerso em uma montanha de documentos, regulamentações e procedimentos que compõem a burocracia empresarial brasileira. Agora, tente dimensionar o impacto disso a longo prazo. É exatamente o que continua a acontecer.

A burocracia anteriormente teve sua criação ideal pela forma de organizar o serviço público, mas tornou-se excessiva, resultando em processos longos, tramitações demoradas e múltiplos níveis de responsabilidade, levando empresas gastarem em média, 180 horas com burocracia por ano no Brasil, o que equivale a 22,5 dias úteis.

Conforme os desenvolvimentos ocorrem, a tecnologia vem se mostrando um aliado no desenvolvimento de soluções para estes problemas. Hoje a jornada burocrática não precisa ser lenta e morosa, e já podemos contar com ferramentas que possibilitam a automação de tarefas rotineiras, outras que oferecem soluções para garantir a segurança e integridade de registros empresariais. Enquanto algumas simplesmente eliminam tarefas manuais repetitivas, aumentando a eficiência operacional e reduzindo erros.

Se reinventar no setor jurídico cada vez mais será um desafio no futuro. Um destes exemplos é a Burotech, este braço digital que auxilia a A2 e oferece soluções nas mais diversas disciplinas paralegais, com o objetivo de ajudar empresas nacionais e estrangeiras a resolverem a burocracia automatizando tarefas, reduzindo o tempo de execução e proporcionando uma experiência mais fluida e compreensível ao mercado. Esse conceito não apenas redesenha o cenário jurídico, mas também remodela nossa abordagem à burocracia.

Isso porque, ao adotar uma abordagem baseada em tecnologia, as empresas não apenas modernizam o ambiente jurídico e empresarial, mas também impulsionam a inovação em todas as frentes, desde a criação de robôs que fazem o serviço de acompanhamento de uma determinada demanda até a implementação de sistemas de gestão de documentos totalmente digitais.

Além disso, a integração de sistemas de inteligência artificial e aprendizado de máquina está revolucionando a forma como lidamos com a burocracia, permitindo análises mais rápidas e precisas de documentos legais, identificação de padrões e detecção de possíveis problemas antes mesmo de surgirem. Essas tecnologias não só economizam tempo e recursos, mas também reduzem significativamente o risco de erros humanos.

Outro aspecto importante é a crescente adoção de blockchain para garantir a autenticidade e a integridade de registros, eliminando a necessidade de intermediários e proporcionando maior transparência e confiança em processos burocráticos complexos.

Esses avanços tecnológicos não apenas simplificam a burocracia, mas também abrem caminho para um ambiente empresarial mais ágil, flexível e inovador, onde as empresas podem se concentrar em seu crescimento e desenvolvimento, em vez de se perderem em trâmites burocráticos intermináveis.

Compartilhar:

Autoria

Colunista Gabriel Loschiavo

Gabriel Loschiavo

Gabriel Loschiavo é advogado e sócio do Grupo A2 desde 2015. Formado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, pós-graduado em Direito Societário pela FGV e MBA em Gestão de Novos Negócios pela IBMEC.

Artigos relacionados

Imagem de capa O crescimento das HRTechs impulsiona a economia brasileira

Gestão de pessoas

24 Abril | 2024

O crescimento das HRTechs impulsiona a economia brasileira

HRTechs surgem para agilizar processos e oferecer variedade de benefícios, porém, desafios como imersão digital persistem. Investir em colaboradores traz diferenciais competitivos e reduz turnover, apontando para um futuro promissor no setor de benefícios corporativos no Brasil

Charles Schweitzer

2 min de leitura

Imagem de capa Blockchain e gestão pública: um match interessante

Transformação Digital

22 Abril | 2024

Blockchain e gestão pública: um match interessante

Você sabia que o uso de blockchain promove maior sustentabilidade e pode ajudar na redução do consumo de energia?

Matheus Laupman

5 min de leitura

Imagem de capa Estuarine Mapping: qual tipo de planejamento estratégico você quer produzir?

Transformação Digital

21 Março | 2024

Estuarine Mapping: qual tipo de planejamento estratégico você quer produzir?

Para mostrar e desvendar as dificuldades de pré-análise de uma questão, Alexandre Magno traz o Estuarine Mapping para transformar seus negócios

Alexandre Magno

4 min de leitura