fb-embed

Transformação Digital

1 min de leitura

Equipes bilionárias: O futuro de uma força de trabalho impulsionada pela IA

Marcel Nobre, CEO da Betalab, esteve presente no SXSW 2024 como correspondente da SingularityU Brazil e trouxe valiosos insights sobre a palestra de Ian Beacraft, da Signal e Cypher

Colunista Marcel Nobre

Marcel Nobre

15 de Março

Compartilhar:
Artigo Equipes bilionárias: O futuro de uma força de trabalho impulsionada pela IA

Ian Beacraft, da Signal e Cypher, prevê um futuro no qual a inteligência artificial (IA) será tão integral quanto o digital é hoje. Com o aumento exponencial de estudos e artigos sobre IA, ele compara o pensamento linear ao exponencial, destacando o desafio dessa abordagem. Prevê-se que até 2050, avançaremos 100 anos em apenas 5, impulsionados pelo desenvolvimento acelerado da IA.

O impacto da IA é evidente, como exemplificado pela rápida transformação do portfólio do Google após a introdução do ChatGPT. Os modelos de IA estão crescendo exponencialmente em capacidade, forçando as empresas a repensar seus modelos de negócios e processos de trabalho. Beacraft alerta que, mesmo com projetos de transformação digital, permaneceremos atrás, pois "o futuro não cabe mais nas caixas do passado".

Ele enfatiza a necessidade de uma nova mentalidade no trabalho, destacando a importância de utilizar a IA para potencializar as habilidades dos trabalhadores. O futuro das organizações será centrado em agentes virtuais, que lidarão com tarefas administrativas, permitindo que os humanos se concentrem em trabalho criativo e de alto valor agregado.

A IA não substituirá a criatividade humana, mas sim automatizará processos, liberando tempo para foco em atividades mais criativas e estratégicas. Beacraft destaca que o futuro do trabalho envolverá uma combinação de habilidades humanas e IA aplicada, possibilitando uma gestão eficaz do conhecimento e a criação de um "segundo cérebro" para os indivíduos.

Por fim, ele enfatiza a importância de abraçar a IA como uma oportunidade para aprimorar processos e capacitar as pessoas, em vez de vê-la como uma ameaça. A colaboração entre humanos e IA é essencial para impulsionar o futuro do trabalho em direção a uma era de maior eficiência e criatividade.

Compartilhar:

Colunista

Colunista Marcel Nobre

Marcel Nobre

Marcel Nobre é empreendedor, pesquisador, palestrante, TEDx Speaker e professor de inovação, tecnologias, IA, liderança e educação. Graduado em Administração de Empresas pela FEI, possui MBA em Gestão Empresarial pela FIA/USP, além de especializações em Letramento em Futuros, Neurociência e Metaverso. É fundador e CEO da BetaLab, uma edtech inovadora, e atua como professor na HSM/Singularity, FIA Business School, Startse e Belas Artes, além de ser mentor de Startups pela Ace Startups.

Artigos relacionados

Imagem de capa O crescimento das HRTechs impulsiona a economia brasileira

Gestão de pessoas

24 Abril | 2024

O crescimento das HRTechs impulsiona a economia brasileira

HRTechs surgem para agilizar processos e oferecer variedade de benefícios, porém, desafios como imersão digital persistem. Investir em colaboradores traz diferenciais competitivos e reduz turnover, apontando para um futuro promissor no setor de benefícios corporativos no Brasil

Charles Schweitzer

2 min de leitura

Imagem de capa Blockchain e gestão pública: um match interessante

Transformação Digital

22 Abril | 2024

Blockchain e gestão pública: um match interessante

Você sabia que o uso de blockchain promove maior sustentabilidade e pode ajudar na redução do consumo de energia?

Matheus Laupman

5 min de leitura

Imagem de capa Estuarine Mapping: qual tipo de planejamento estratégico você quer produzir?

Transformação Digital

21 Março | 2024

Estuarine Mapping: qual tipo de planejamento estratégico você quer produzir?

Para mostrar e desvendar as dificuldades de pré-análise de uma questão, Alexandre Magno traz o Estuarine Mapping para transformar seus negócios

Alexandre Magno

4 min de leitura