fb-embedRespira, inspira, não pira HSM Management

Gestão de pessoas

2 min de leitura

Respira, inspira, não pira

Na sua próxima reunião, saiba: ou você, ou a pessoa que está na sua frente, está com problemas emocionais

Colunista Joseph Teperman

Joseph Teperman

14 de Outubro

Compartilhar:
Artigo Respira, inspira, não pira

Os dados são claros: mais de um terço da população brasileira passa ou passou por problemas emocionais em 2021. É isso que mostra o levantamento Datafolha realizado junto a 2055 entrevistados, segundo o qual 44% dos brasileiros afirmam ter enfrentado problemas emocionais em 2021.

Ansiedade em alta

Outro indicador forte da intensidade do problema são as buscas no Google, que mostram o Brasil como sendo o país em que se realizam mais pesquisas sobre o termo “ansiedade” no planeta.

Não apenas batemos o recorde mundial, como nossas duas cidades mais populosas são aquelas que concentram o maior volume de buscas no planeta. A medalha de ouro pertence a São Paulo e a prata ficou com o Rio de Janeiro. A medalha de bronze, porém, está em mãos americanas, com os habitantes de Los Angeles. Londres e Chicago ficaram em 4° e 5° lugares.

O gráfico abaixo mostra o quanto o tema vem ganhando escala ao longo dos anos:

trends ansiedade2 Fonte: Google Trends, busca pela palavra ansiedade desde 2004.

E olhando para esses dados, podemos inferir que, estatisticamente, em todas as reuniões que temos pelo menos uma pessoa presente está com algum quadro de ansiedade ou depressão!

Conclusão: be nice com a pessoa que está na sua frente. Tente ser mais humano e compreensivo, porque ou ela – ou você – está com problemas emocionais nesse momento.

Líderes e RH não são exceção

Tenho ouvido muito que “geral” espera que os seus líderes e os RHs resolvam todos os problemas das empresas e das pessoas. Dá pra imaginar a pressão diária que afeta os líderes e os profissionais de RH, certo? Imagine agora ainda controlar as próprias ansiedades depois de passar os últimos 18 meses tentando manter o controle e cuidar dos outros?

Repito: be nice com a pessoa que está na sua frente. Mesmo, e principalmente se ela for do RH, ou se for uma liderança.

10% mais feliz

Recentemente, tive a oportunidade de assistir à fala do Daniel Goleman no Fórum da Liberdade. A fala dele, pra mim, foi incrível. E um dos pontos reforçou minha dedicação a uma atividade que comecei a fazer neste ano por recomendação do Dr. Marcelo Altona, meu clínico geral: mindfulness, mesmo que por 3 a 5 minutos do dia!

Por recomendação do Dr. Marcelo, li o livro 10% Happier, do Dan Harris, em março e baixei o app. As primeiras sete sessões são grátis. Pra mim, foi muito, muito melhor que a tentativa anterior em outro app bem mais famoso. As primeiras sessões duram menos do que cinco minutos. E tem outra alternativa, do grande Felipe Marx, disponível no YouTube.

Insisto: be nice com a pessoa que está na sua frente.

E a dica final, serve pra mim, serve pra você: be nice consigo própri@.

Compartilhar:

Colunista

Colunista Joseph Teperman

Joseph Teperman

Joseph Teperman

CEO da Amrop INNITI, Board Member, Lifelong Learner, Anticarreirista