fb-embed

2 min de leitura

Driblando a falta de foco para aprender

Luiz Alberto Ferla

24 de Julho

Compartilhar:
Artigo Driblando a falta de foco para aprender

Cinco minutos é o máximo que conseguimos nos concentrar em uma tarefa sem desviar atenção para outros assuntos. É o que diz pesquisa feita pelo psicólogo e professor Larry D. Rosen, um dos autores do livro The Distracted Mind. O mundo digital, claro, é o maior vilão. 

Tirar as notificações do celular pode ajudar, mas não resolve porque a ansiedade em acessar mensagens e redes sociais só aumenta a distração. Essa falta de concentração é o maior inimigo do aprendizado. Nas empresas, a área de educação corporativa sofre para garantir engajamento dos colaboradores. Para Cal Newport, especialista em auto-aperfeiçoamento e autor do livro Deep Work, o foco é o novo QI.

O microlearning é uma boa saída para garantir o aprendizado nesse mundo de distrações. O modelo usa a estratégia de conteúdos curtos em diferentes formatos: vídeos, textos, áudios, infográficos, quizzes, questionários e jogos. Seu grande mérito é driblar a ausência de foco.

A brevidade dos conteúdos também instiga os colaboradores a consumir capacitação com mais frequência. A flexibilidade é outra vantagem. O colaborador pode capacitar-se no decorrer de um dia normal de trabalho, sem comprometer seus fluxos. O acesso à plataforma se dá por meio de diferentes dispositivos, principalmente mobile, permitindo aprender em brechas de tempo, por exemplo na espera de uma reunião. 

Já que estamos falando de um mundo viciado em tecnologia, podemos dizer que o microlearning funciona como as notificações em um smartphone, sempre batendo em teclas importantes para o trabalho. É claro que a estratégia não serve para todas as demandas de capacitação e formação profissional.

 O modelo já se mostrou perfeito para programas de onboarding e para equipes de venda. Mantém os colaboradores sempre atualizados porque permite maior agilidade no desenvolvimento de novos conteúdos, característica essencial para responder rapidamente às mudanças no mercado e, consequentemente, às estratégias do negócio. O resultado é um time sintonizado por meio de uma estratégia efetiva, pois microlearning oferece aprendizado de curta duração e alto aproveitamento.

Empresas de tecnologia educacional vêm apostando em aplicativos para microlearning. A ideia é simplificar e garantir uma plataforma prática, que otimize o tempo e permita aprender onde e quando o colaborador quiser. Apps gamificados de forma customizada ao negócio também ajudam a estimular a capacitação ao estabelecer rankings e premiações aos usuários. 

É possível também configurar o aplicativo para receber notificações de novos conteúdos. Afinal, se é para nos distrairmos no trabalho, que seja com informação útil e focada em nosso desenvolvimento profissional.

Compartilhar:

Autoria

Luiz Alberto Ferla

Fundador e CEO do DOT digital group

Artigos relacionados

Imagem de capa Quais são os caminhos para promover inovação no setor público?

Empreendedorismo

23 Fevereiro | 2024

Quais são os caminhos para promover inovação no setor público?

Antes de iniciar qualquer transformação, é fundamental identificar as áreas problemáticas e entender profundamente os desafios de sistemas quase inflexíveis

4 min de leitura

Imagem de capa A área de Gente e Gestão está pronta para lidar com a desafiadora Inteligência Artificial (IA)?

Empreendedorismo

23 Fevereiro | 2024

A área de Gente e Gestão está pronta para lidar com a desafiadora Inteligência Artificial (IA)?

Um texto sobre IA, feito por mãos humanas e com questionamentos existenciais: será que estamos preparados para este contraponto?

Ivan Cruz

8 min de leitura

Imagem de capa Pós-carnaval de 2024 promete a chegada de novas tendências ao mercado de trabalho; sua empresa está preparada?

Gestão de pessoas

21 Fevereiro | 2024

Pós-carnaval de 2024 promete a chegada de novas tendências ao mercado de trabalho; sua empresa está preparada?

O pós-carnaval chegou: sua empresa está preparada?

Cecília Barçante

5 min de leitura

Imagem de capa Quatro elementos que mostram que o empreendedorismo também nasce nas universidades

Empreendedorismo

21 Fevereiro | 2024

Quatro elementos que mostram que o empreendedorismo também nasce nas universidades

Empreendedorismo, aliado ao desenvolvimento científico, é também crucial para a construção de um futuro sustentável

Ana Calçado

4 min de leitura