fb-embedCompras 4.0: como transformar digitalmente o setor de compras? HSM Management

5 min de leitura

Compras 4.0: como transformar digitalmente o setor de compras?

A digitalização de processos já está ao alcance de qualquer empresa. Decorrente de uma industrialização que atravessa séculos, o mercado vive hoje um momento de aplicação da tecnologia às rotinas das empresas, a chamada Indústria 4.0.

Gérson Schmitt

03 de Julho

Compartilhar:
Artigo Compras 4.0: como transformar digitalmente o setor de compras?

Esse atual cenário tem sido encarado, como o próprio nome sugere, como a quarta revolução industrial, só que agora digital. No âmbito econômico, essa transformação gerou impactos desde a forma de planejar até de consumir.

Resumidamente, é chamada de Indústria 4.0 a revolução que inseriu a tecnologia de uma vez por todas na forma de gerir as empresas. Soluções tecnológicas, integradas e, sobretudo, na nuvem, passam a estar presentes em todos os setores da indústria, otimizando os processos como um todo. 

O setor de compras também tem sido beneficiado com ferramentas que automatizam e tornam mais inteligentes as atividades relacionadas à cadeia de suprimentos – é o que chamamos de Compras 4.0

O relacionamento entre compradores e fornecedores e o compartilhamento de dados são exemplos dos benefícios proporcionados pela ampliação do uso da tecnologia na indústria, podendo ser realizados em tempo real, de qualquer local, pois o acesso é realizado pela internet, com segurança, compliance e praticidade . Dessa forma, os processos ficaram mais fáceis, os custos menores e as chances de erros perto de zero.

Marcação de intertítulo

Dentre as novas tecnologias que impactam o setor de compras, destaco:  

Inteligência Artificial (IA)

Por meio dela é possível processar um número muito maior de dados em um tempo menor, ampliar as opções de critérios para a tomada de decisão em tempo real, além de identificar tendências e minimizar riscos.

Aprendizagem de Máquina 

A partir dela é possível implementar soluções para aproveitar melhor o tempo dedicado aos processos do setor de compras, além de desenvolver uma cultura mais estratégica de organização das transações, gerenciamento de fornecedores, gestão de riscos e análise de dados; 

Cloud Computing

Permite que os dados e as ferramentas da empresa sejam mantidos em um único ambiente, a conhecida “nuvem”. Para as Compras 4.0, esta tecnologia é benéfica ao possibilitar que trabalhe de forma integrada com outros setores, tendo dados compartilhados e permitindo melhor controle de gestão.

Big Data Analytics

Possibilita a transformação de dados em tomadas de decisões assertivas, funcionando como um agregador de bancos de dados que permite aos gestores analisarem as informações disponíveis e criarem estratégias mais efetivas.

Internet das Coisas (IoT)

Permite que equipamentos com sensores sejam conectados à internet, integrando máquinas, pessoas, produtos e até mesmo sistemas, que podem ser comandados através de dispositivos como smartphone, tablet e computador.

Robotic Process Automation (RPA)

Permite ao setor de compras automatizar atividades repetitivas e transacionais, além de identificar desvios em análises complexas, alcançando melhoria de controle, custo de transação, eficiência e compliance.

Como implementar o conceito de Compras 4.0 nas empresas

A primeira dica para implementar o conceito de Compras 4.0 em empresas de qualquer porte é começar com ações simples, buscando aproveitar os dados que o negócio já coleta de maneira mais inteligente. 

Antes de adotar novas ferramentas, é preciso analisar o atual cenário do setor de compras da empresa. Muitas organizações não têm estruturado o controle do processo de compras, mantendo o conhecimento detido apenas com os profissionais envolvidos, sem que haja um sistema integrado que armazene essas informações. 

Sendo assim, é fundamental fazer uma curadoria do conhecimento relacionado ao processo de compras atual, identificando as falhas para que, depois, sejam feitas mudanças tecnológicas.

Se novas tecnologias serão adotadas, é imprescindível que os profissionais envolvidos sejam capacitados e, sobretudo, se sintam parte da mudança. 

Isso porque, na mudança para o Compras 4.0, é fundamental o comprometimento dos colaboradores, pois é comum que eles possam ficar apegados aos processos antigos, dificultando o avanço digital. Então, é preciso que a empresa esteja atenta ao treinamento eficaz dessas pessoas.

Migrar para o Compras 4.0 é uma revolução que, sem dúvidas, exige uma mudança de mindset não apenas dos gestores, mas de toda a equipe. É necessária uma postura ágil, criativa e proativa que provavelmente a empresa ainda não tenha. 

O perfil necessário do profissional para trabalhar com esse setor é muito diferente, uma vez que ele não deve apenas executar uma tarefa proposta, mas estar apto a tomar decisões com base nos dados gerados. 

Como grande parte dos empresários sequer têm conhecimento das tecnologias digitais, a mudança de mindset deve vir, inclusive, das lideranças. Assim, funcionando como um estímulo para que toda a equipe se interesse pelos novos conhecimentos. 

Em um exemplo prático, com uma plataforma de SRM, como a da Paradigma, a empresa consegue fazer o controle total da cadeia de suprimentos, tendo todas as suas relações de negócio e comunicação atendidas em um único lugar. 

O conceito de 360º tem como objetivo garantir que os usuários da plataforma possam ter uma visão completa do seu processo acompanhando o status atual e sua evolução. 

É possível, por exemplo, controlar e ter segurança e eficiência nos processos de busca por fornecedores; gestão de contratos, catálogos; gestão de entregas; publicação de pagamentos; avaliação e homologação de cadastro e documentos de fornecedores, além de ter uma ampla visão do setor, com análises inteligentes e dashboards completos.

O ponto fundamental a entender é que o Compras 4.0 consiste inicialmente da adoção de novas tecnologias, mas que essas, sozinhas, não vão trazer resultados se a empresa não estiver aberta para revisitar seus processos atuais e adotar melhorias em seus processos, na capacitação dos profissionais e no alinhamento estratégico.

Por isso, é preciso lembrar que se trata de todo um conjunto de atitudes para garantir o sucesso da transformação digital do setor de compras. Como qualquer projeto, é preciso antes planejar e analisar o cenário atual, para depois implementar de fato as inovações tecnológicas — que fatalmente vão impulsionar melhoria e ganhos nos processos atuais.

Compartilhar:

Autoria

Gérson Schmitt

Fundador da Paradigma Business Solutions

Artigos relacionados

Imagem de capa Segurança financeira está ligada à saúde mental, motivação e produtividade do colaborador

Business content

01 Dezembro | 2021

Segurança financeira está ligada à saúde mental, motivação e produtividade do colaborador

Experiências e pesquisas mostram que saúde mental e redução de turnover são mais fáceis de alcançar quando a empresa investe no bem-estar financeiro dos funcionários

Leonardo Pujol

5 min de leitura

Imagem de capa A importância do risk management para PMEs – e como colocá-lo em prática

Business content

30 Novembro | 2021

A importância do risk management para PMEs – e como colocá-lo em prática

A definição de estratégias de gestão de risco para pequenos e médios negócios previne perdas e facilita a visualização de oportunidades para se manter forte no mercado

Larissa Pessi

5 min de leitura

Imagem de capa Ser mãe te torna uma profissional melhor para o mercado?

Comunidades: CEOs do Amanhã

29 Novembro | 2021

Ser mãe te torna uma profissional melhor para o mercado?

Sem dúvida, a resposta é sim! Mas se você não entende as razões para isso, características como adaptabilidade, previsibilidade e visão sistêmica se tornam diferenciais para o mercado de trabalho

Bruna De Falco

4 min de leitura

Imagem de capa People analytics ajuda a reter jovens talentos

Dossiê: Jovens Talentos

26 Novembro | 2021

People analytics ajuda a reter jovens talentos

A combinação entre inteligência de dados e sensibilidade humana otimiza processos de seleção – e tem tudo para alavancar carreiras

Renata Cardoso

4 min de leitura

Imagem de capa Dados e recrutamento: como construir um canal de aquisição de talentos?

Gestão de pessoas

26 Novembro | 2021

Dados e recrutamento: como construir um canal de aquisição de talentos?

Uma metodologia específica e um conjunto de ferramentas ajuda a selecionar e contratar profissionais de tecnologia, especialmente seniores

Augusto Frazão

3 min de leitura

Imagem de capa Como preservar a cultura organizacional trabalhando com times híbridos

Cultura organizacional

25 Novembro | 2021

Como preservar a cultura organizacional trabalhando com times híbridos

Multinacional Swile mostra que é possível manter, compartilhar e fortalecer a cultura organizacional com parte das equipes em casa e outra parte no escritório

Paulo César Teixeira e Leonardo Pujol

5 min de leitura