fb-embed

Gestão de pessoas

4 min de leitura

Avaliação 9 box: entenda como funciona a metodologia e quando adotá-la na empresa

Especialistas explicam como tirar o melhor proveito da ferramenta para diminuir os índices de rotatividade dos funcionários e aumentar a satisfação profissional

Colunista Ellen Murray

Ellen Murray

25 de Abril

Compartilhar:
Artigo Avaliação 9 box: entenda como funciona a metodologia e quando adotá-la na empresa

A Avaliação 9 Box é uma ferramenta empregada pelo departamento de Pessoas e Cultura para avaliar o desempenho e o potencial dos colaboradores. Ao comparar os resultados atuais com as expectativas da organização, essa avaliação auxilia na identificação de talentos, no desenvolvimento de líderes e no alinhamento das estratégias de pessoal com os objetivos organizacionais, configurando-se uma abordagem estratégica.

Segundo o levantamento da consultoria de recrutamento Michael Page, mais de 80% dos funcionários que deixam seus empregos o fazem devido a questões relacionadas à insatisfação com a liderança, falta de oportunidades de crescimento ou falta de reconhecimento. Assim, implementar a Avaliação 9 Box pode ajudar as empresas a minimizar esses problemas, fornecendo uma estrutura clara para o desenvolvimento de talentos e a progressão na carreira.

Para a sócia-diretora e especialista em Pessoas e Cultura da Refuturiza, Renata Fonseca, adotar essa metodologia é não apenas identificar e desenvolver seus líderes de amanhã, mas também aumentar a satisfação e o engajamento dos funcionários, reduzindo os índices de rotatividade:

"A avaliação 9 box ajuda as empresas a identificar talentos dentro da organização, destacando colaboradores com alto potencial e desempenho, e planejando o desenvolvimento de carreira dos colaboradores de acordo com suas capacidades e aspirações", destaca a profissional da Refuturiza, ecossistema de educação e empregabilidade.

Por meio da ferramenta, é possível identificar talentos e criar um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) de forma estratégica.

"Com 9box, conseguimos criar feedback estruturado que não aborda somente habilidades técnicas, mas leva em consideração as habilidades comportamentais dos colaboradores”, complementa Ellen Murray, orientadora de carreira e especialista em RH na Refuturiza.

Avaliação 9 box sob medida para cada empresa

Também conhecida como Matriz Nine Box, a Avaliação 9 box avalia e classifica os colaboradores com base em duas dimensões principais. Nesse método de avaliação, os trabalhadores são plotados em um gráfico de duas dimensões, com o eixo horizontal representando o desempenho atual e o eixo vertical representando o potencial de crescimento futuro, no caso da empresa ter escolhido esse parâmetro de avaliação. Isso resulta em uma grade de nove quadrantes, daí o nome 9 Box.

Cada quadrante tem um significado distinto e aponta um conjunto específico de ações que podem ser tomadas em relação aos colaboradores.

Na Avaliação 9 Box, os eixos são editáveis, assim a empresa pode parametrizar os que serão utilizados na avalição.

“Esse é um diferencial grande da nossa plataforma: permitir que a empresa parametrize as dimensões que serão avaliadas. Desta forma, os gestores têm liberdade em utilizar a avaliação que faz mais sentido para a empresa. Por exemplo, é possível utilizar Desempenho x Potencial, Desempenho x Valores ou Desempenho x Fit Cultural, entre outros", cita Renata.

Fit cultural – ou compatibilidade cultural – refere-se à harmonia entre um indivíduo e a cultura de uma organização. Em outras palavras, é a adequação entre os valores, crenças e comportamentos de uma pessoa e os valores, crenças e comportamentos que são valorizados e incentivados por uma empresa ou grupo.

Quando há um bom fit cultural, os funcionários tendem a estar mais engajados, satisfeitos e produtivos, pois se sentem alinhados com os objetivos e a forma de trabalhar da organização.

“Um dos pilares da construção da Avaliação 9 box é transparência em todos os processos. Sabemos que, para criar uma cultura organizacional forte e alinhada, a empresa precisa criar processos transparentes e uma comunicação clara. A 9 box busca encontrar e reter talentos, focando sempre na individualidade de cada profissional. De maneira clara, a ferramenta tem um papel relevante na formação de uma cultura organizacional sólida, fomentando transparência, meritocracia, crescimento constante e participação ativa dos funcionários”, explica Ellen.

Como aplicar a avaliação na sua empresa

Para implementar com sucesso a Avaliação 9 Box na empresa, é importante capacitar os profissionais, bem como os gestores que participarão do processo. Com instrutores especializados e uma abordagem prática, é possível aprimorarem suas habilidades e impulsionarem o sucesso organizacional.

A ideia dos cursos é ensinar como criar e analisar essa ferramenta, mostrar quais são os planos para permanência, desenvolvimento individual e alta performance dos colaboradores, tipos de feedbacks, técnicas de comunicação não violenta, ferramenta diário de bordo, indicadores e métricas, entre outros conhecimentos, oferecendo uma oportunidade única para os profissionais interessados, assim podem aprimorar suas habilidades e impulsionarem o sucesso organizacional.

A tecnologia permite resultados assertivos e economia de recursos. Plataformas de Gestão de Pessoas têm disponibilizado soluções ágeis para operacionalizar a avaliação em empresas de diferentes portes e atuantes em diferentes segmentos.

"Oferecer a Avaliação 9 box de forma on-line pode tornar o processo mais eficiente, acessível e conveniente para colaboradores e gestores, ao mesmo tempo em que reduz custos e melhora a experiência geral do processo de avaliação", ressalta Renata Fonseca.

Compartilhar:

Autoria

Colunista Ellen Murray

Ellen Murray

Ellen Murray é orientadora de carreira e especialista em Pessoas e Cultura na Refuturiza, ecossistema de educação e empregabilidade

Com mais de 10 anos de experiência com orientação de profissional, análise de benefícios e processos de recrutamento humanizados, Ellen Murray é, atualmente, Especialista em Carreiras do ecossistema de educação e empregabilidade Refuturiza. A profissional possui graduação em Psicologia e Gestão de Recursos Humanos, além de somar certificações como Mentoria Humanizada, Análise Comportamental Aprofundada e Recrutamento e Seleção focados em D&I.

Artigos relacionados

Imagem de capa Mulheres na liderança: desafios para a equidade de gênero em posições de alta gestão

Gestão de pessoas

29 Maio | 2024

Mulheres na liderança: desafios para a equidade de gênero em posições de alta gestão

Apesar do crescimento contínuo na presença de mulheres em cargos de liderança, a equidade de gênero ainda está distante. A valorização da liderança feminina é essencial para a construção de uma cultura organizacional sólida e ética.

Rafaela Dialma Gonçalves Scrivano

3 min de leitura

Imagem de capa Por onde percorre o entendimento de people analytics?

Gestão de pessoas

22 Maio | 2024

Por onde percorre o entendimento de people analytics?

Não cabe mais só fazermos decisões com base na intuição, por isso, é necessário reconhecer que tipo de compreensão sobre people analytics estamos criando!

Galo Lopez

5 min de leitura

Imagem de capa Quais os passos para criar empresas renovadoras?

Gestão de pessoas

22 Maio | 2024

Quais os passos para criar empresas renovadoras?

Precisamos falar sobre o esgotamento que a produção incessante e sem propósito está fazendo com que mais da metade da população adoeça.

Carol Olinda

6 min de leitura

Imagem de capa Como será o mercado de trabalho nos próximos anos: jovens trabalhando lado a lado dos mais velhos?

Gestão de pessoas

20 Maio | 2024

Como será o mercado de trabalho nos próximos anos: jovens trabalhando lado a lado dos mais velhos?

O olhar pela questão etária sempre precisa ser algo mais atento e que consiga prever os estranhamentos que podem acontecer em nosso trabalho, afinal, a diversidade está também nesse olhar das necessidades distintas que cada geração possui em determinado momento.

João Roncati

3 min de leitura