Menu

Eric Almquist, especialista em analytics da consultoria Bain & Company, propõe outra hierarquia que permita às empresas criar valor para os consumidores

Após quatro anos de pesquisas, Eric Almquist, head de analytics da consultoria Bain & Company, propôs um redesenho da pirâmide de necessidades humanas que o psicólogo Abraham Maslow desenvolveu em meados da década de 1950. Segundo Almquist, no século 21 há 30 necessidades que, se adequadamente atendidas, levam à criação de valor para os consumidores e, portanto, para as empresas que os servem.

Para confirmar se o atendimento dessas necessidades melhora de fato o desempenho das empresas, a Bain & Company realizou uma pesquisa com 10 mil pessoas sobre 50 empresas dos Estados Unidos, relacionando as 30 necessidades propostas com o NPS das companhias (o índice de satisfação dos consumidores criado por Fred Reichheld) e o crescimento de seu faturamento. Os respondentes indicaram em que medida suas necessidades eram atendidas com notas de 1 a 10.

Empresas que receberam no mínimo nota 8 em quatro ou mais elementos de valor de pelo menos 50% dos respondentes apresentaram NPS quatro vezes superior e crescimento das vendas três vezes maior do que aquelas que ganharam 8 em um único elemento de valor.

A pirâmide dos 30 elementos de Almquist foi concebida para uso com os consumidores, mas talvez possa ser utilizada para motivar colaboradores, como é a de Maslow.

8_INI_Maslow XAlmquist-10.indd