Menu

Confira se a sua empresa segue um modelo linear | por Salim Ismail

Quando os gestores pensam de modo linear, quando as operações são lineares e quando suas medidas de desempenho e sucesso são lineares, o resultado sempre acaba sendo… uma organização linear, que vê o mundo por meio de uma lente linear. Está em dúvida se é seu caso? Veja se sua empresa compartilha as características de uma organização linear típica:

• organização top-down e hierárquica;

• orientada por resultados financeiros;

• pensamento linear e sequencial;

• a inovação ocorre principalmente a partir de dentro;

• o planejamento estratégico é geralmente uma extrapolação do passado;

• intolerância ao risco;

• inflexibilidade dos processos;

• grande número de colaboradores;

• controla seus próprios ativos;

• mantém o status quo.

As organizações lineares de grande porte ainda acrescentam a tudo isso o uso da chamada estrutura matricial.  Nesse caso, a gestão de produto, o marketing e as vendas são alinhados verticalmente, e as funções de apoio, como recursos humanos, jurídico, finanças e tecnologia da informação, são geralmente horizontais.  Assim, a pessoa que está cuidando da parte legal de um produto se reporta ao diretor de produto, que tem responsabilidade sobre a receita, e ao diretor do departamento jurídico, cuja função é assegurar a consistência entre os vários produtos.

Isso significa que, toda vez que você tenta fazer algo, tem de obter a autorização de todos os chefões do RH, jurídico, contabilidade e assim por diante, o que leva tempo.

Isso pode ser ótimo para o comando e controle, mas é terrível para a prestação de contas, agilidade e tolerância ao risco.

Levando em consideração todas essas características, não é de surpreender, portanto, que as organizações lineares raramente causem uma disrupção em seus próprios produtos ou serviços, a ponto de atingir o crescimento exponencial. Por mais que tentem fazê-lo, elas não têm as ferramentas, a atitude ou a perspectiva para isso. São projetadas para tirar proveito da economia de escala, e só. O oposto das organizações exponenciais.


 Salim Ismailé coautor do best-seller Organizações Exponenciais, com Michael Malone e Yuri Van Geest, em cujos highlights este artigo se baseia. Cofundador da Singularity University, a universidade do Vale do Silício que busca resolver os problemas da humanidade com inovações, virá para o Brasil na HSM Expo 2017, em novembro.