Menu

De universidades corporativas, passando por métodos de e-learning e mecanismos de comunicação interna, empresas líderes não param de investir na digitalização das diversas áreas de Recursos Humanos

“A era digital trouxe um forte impacto na área de RH, que sempre busca novos recursos e tecnologias para treinar e desenvolver, recrutar e estimular a eficiência e produtividade dos colaboradores”. A constatação é de Adriana Rillo, diretora de Recursos Humanos e Comunicação Corporativa da Saint-Gobain, Top Employer do setor de construção que a cada ano contrata 28 mil pessoas no mundo.

“As plataformas digitais estão cada dia mais presentes, desde em métodos de e-learning, que são totalmente conectados e proporcionam às equipes novas experiências de aprendizagem, até a adoção de novos modelos de avaliação de desempenho e feedback”, destaca a diretora. A multinacional francesa desenvolveu uma plataforma de treinamento on-line, que indica automaticamente conteúdos e treinamentos específicos para auxiliar cada colaborador em seu desenvolvimento, baseado em sua área de atuação, posição e histórico de cursos realizados na ferramenta.

O Grupo Gas Natural Fenosa tem aproveitado as plataformas digitais em diversos setores da companhia, e Recursos Humanos é um deles: “Utilizamos para facilitar tanto a nossa gestão das informações e dos programas internos, quanto para melhorar a interação dos funcionários e descomplicar processos”, comenta André Braga, diretor de Pessoas, Organização e Cultura da multinacional do setor de energia.

A companhia utiliza plataformas em sua chamada Universidade Corporativa, que presta atendimento aos seus empregados por meio de um portal específico, focado em gestão do talento. “A empresa procura se manter na vanguarda das inovações de Recursos Humanos, e para isso, estabelece parcerias com grandes escolas e institutos renomados, que nos atualizam sobre as novas tendências e ferramentas do nosso segmento”, explica Braga.

Tendo uma média mensal de 4 mil contratações, a Atento do Brasil, empresa líder de contact center, tem que buscar esse volume de profissionais entre pessoas que estão entrando no mercado de trabalho — em sua imensa maioria, jovens que buscam obter uma oportunidade profissional. “Tendo em vista que os integrantes dessa população já nasceu conectada, usamos as plataformas digitais para atrair os colaboradores e dar continuidade a todo processo de recrutamento e seleção”, diz João Mancio, diretor de Remuneração e Desenvolvimento Organizacional.

“Contamos com sistemas a distância — mídias sociais, e-mail e aplicativos de mensagens instantâneas — o que está facilitando muito o contato com estes novos talentos”, continua o diretor. “Em linha com essa proposta de abordagem digital, a Atento conta com a plataforma Bem-vindos, que é feita de maneira on-line pelos colaboradores que chegam à empresa”. Essa ferramenta, esclare Mancio, “permite que as pessoas que ingressam na companhia possam fazer o processo de integração de forma totalmente digital”.